BLOGS

O prefeito Clayton Farias Pinto passará para a história de Pão de Açúcar como 'o prefeito que enfrentou a pandemia do novo coronavírus'

Isso significa que será lembrado como o gestor que mais adversidades enfrentou na história da Administração Pública Municipal da Terra de Jaciobá.


  Foto: Reprodução/Redes sociais

Postado : 05/09/2020   /   por Helio Fialho

ARTIGO

 

O prefeito Clayton Farias Pinto passará para a histórica de Pão de Açúcar como "o prefeito que enfrentou a pandemia do novo coronavírus". Isso significa que será lembrado como  o gestor que mais adversidades enfrentou na história da Administração Pública Municipal da Terra de Jaciobá.  Ele vem enfrentando com coragem aos efeitos devastadores da COVID-19, em Pão de Açúcar,  e não tem medido esforços para evitar que os municípes sejam atingidos e, para isso, assinou vários decretos, tomando muitas medidas para evitar o mal maior dentro do território pão-de-açucarense, inclusive algumas delas servindo de referências para muitos municípios do Nordeste. Tem prova de amor maior à sua terra natal?!

E, nesse período, ele também enfrentou conspirações diversas, incluindo as conspirações pandêmica e veicular, sendo esta segunda em decorrência do acidente automobilístico, na noite de 9 de agosto deste ano, levando-o a ficar em observação médica por alguns dias em sua residência, devido a fortes pancadas recebidas no corpo e que, segundo ele, “escapou porque Deus o livrou da morte”.

Ainda bem que Clayton não é político de carteirinha, pois, se assim o fosse, teria recorrido aos holofotes da mídia, para aparecer como vítima, apelando, de forma estratégica e sensacionalista, para a comoção dos munícipes – coisa que ele não fez.

 

Sobre a conspiração de pessoas, certamente ele prefere esperar a resposta do tempo, já que o tempo é o senhor da razão.

Enquanto isso, ele cumprirá com muita dignidade os quatro meses restantes de sua gestão que, inclusive, vem conduzindo com muita responsabilidade e transparência, apesar de alguns percalços que surgem ao longo do caminho.

 

Isso faz-me rebuscar uma frase do craque “Ronaldo, o Fenômeno” sobre suas condições em disputar a Copa de 2002: “O guerreiro está ferido, mas não está morto”.

 

No caso do prefeito Clayton, ele não está disputando nenhum cargo eletivo nestas eleições de 2020, o que o deixa mais tranquilo para trabalhar e, por este motivo, vem cumprindo sua gestão com muita determinação e competência, marcando seus gols de placa – porque está trabalhando incansavelmente em prol da população de sua terra natal, sem dúvida, dentro de suas limitações, as quais são  impostas pela legislação brasileira (neste período pandêmico e eleitoral, e, ainda, pelos fatores diversos, sendo alguns já mencionados.

 

Apesar das grandes dificuldades, o prefeito vem fazendo uma administração eficiente, com tomada de decisões elogiáveis: vem pagando o salário dos servidores municipais rigorosamente em dia; executando obras importantes, dentre essas: a segunda etapa da orla fluvial da cidade, cuja obra vem sendo realizada com recursos próprios do município (e tem previsão para inauguração no próximo mês de outubro); a revitalização do Monumento Cristo Redentor (a ser retomada nos próximos dias); a revitalização de uma “passagem molha” na estrada de acesso às comunidades Espinhos, Santiago, Jacarezinho e Limoeiro (já concluída); pavimentação em paralelepípedo (calçamento) de ruas no Altinho, Alto Boa Vista e Alto da Torre, sendo a Rua Aristides Euclides dos Anjos, nesta última localidade (já concluídas); modernização do parque de iluminação pública, nos “Altos” e na zona rural, estando este serviço atualmente executado em localidades próximas ao Povoado Impoeiras, dentre essas: Ponta da Serra, Pontal, Umburana d´Água, Rua Nova além de Impoeira de Baixo.

 

E, segundo informações do secretário Raí Brito Carvalho (SEINFRA), nos próximos dias algumas localidades da zona urbana (cidade) vão estar recebendo a modernização da iluminação pública, assim como já aconteceu no Povoado Ilha do Ferro, Sítio Boqueirão do Rio e outras comunidades ribeirinhas contempladas.

Em parceria com o Governo do Estado de Alagoas, estão sendo recuperadas várias estradas vicinais de localidades rurais da “região de cima”, incluindo: Mata da Onça, Boa Vista, Conceição, Garrincha e, em especial, a conhecida “Estrada da Linha”, que dá acesso ao município de Piranhas através do Povoado Entrementes. Sobre esta estrada, é importante destacar que há mais de 30 anos ela não recebia nenhum serviço de recuperação e, por isso, se encontrava completamente intransitável, abandonada.

 

Outra estrada recentemente recuperada é a via de acesso ao Povoado Ilha do Ferro através do Sítio Boqueirão do Rio, que há muito tempo não recebia nenhum serviço de conservação.

 

Destarte, o prefeito Clayton Farias Pinto vem trabalhando com dignidade, cumprindo seu papel de governante municipal, que teve a justa iniciativa de retomar a entrega de portarias de aposentadorias a servidores públicos municipais, ato que se encontrava em situação de muita morosidade, sendo agilizada por ele. Realizou, também, convocações e nomeações de muitos servidores aprovados no último concurso público promovido pela Prefeitura Municipal de Pão de Açúcar, em 2018.

 

E assim, trabalhando initerruptamente, em prol da Saúde, Educação, Assistência Social, Infraestrutura, Agricultura, Meio Ambiente, Cultura, Turismo, Servidores Municipais, Transporte e outros setores importantes do município, o prefeito Clayton Farias Pinto vem cumprindo sua gestão de cabeça erguida, mãos limpas, consciente do seu papel. É assim que ele entregará a chave da Prefeitura Municipal de Pão de Açúcar a seu sucessor no Poder Executivo Municipal, em 1º de janeiro de 2021. 

 

E faltando apenas 3 meses e 25 dias para encerrar seu governo, ele continua trabalhando e fazendo funcionar a complexa máquina administrativa, com muita fé e firmeza de caráter, não se deixando atingir por críticos inescrupulosas que maquinam o mal 24 horas por dia, os quais vivem a confundir democracia com anarquia.

 

O reconhecimento que expresso aqui, publicamente, é o que muitos não têm coragem para fazer, e pouco me interesa o que "os cascavéis midiáticos" vão querer comentar. E, partindo desta realidade, se o prefeito Clayton Farias Pinto me perguntasse como eu definiria a política de Pão de Açúcar, prontamente eu lhe responderia com uma frase que gosto muito de frisar: “a política, além de ser a arte de engolir sapos, é, também, a arte de nadar em uma lagoa repleta de espécies vorazes e peçonhentas”.  

 

Foto: Reprodução/ASCOM

 

Foto: Reprodução/Helio Fialho

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem