BLOGS

Morre em Aracaju a pão-de-açucarense Edna Moura, que trabalhou na Unidade Mista Dr. Djalma Gonçalaves dos Anjos

Segundo a família, o sepultamento ocorrerá na cidade de Pão de Açúcar


icon fonte image

  Fonte: Por Helio Fialho

Edna Moura

Edna Moura   Foto: Reprodução/Facebook

Postado em: 15/06/2022 às 12:00:24

Confesso que fiquei chocado quando recebi a notícia da morte de Edna Maria Moura Gomes, conhecida como “Edna de Sebastião Moura”, aos 62 anos, ocasionada por um infarto, na manhã dessa terça-feira (14). Ela  foi minha colega de classe, no Ginásio Dom Antônio Brandão, no período de 1973 a 1976 (curso ginasial) e de 1977 a 1979 (curso Técnico em Contabilidade). O irmão de Edna, conhecido como “Bogó”, fazia parte da nossa turma, também. Apesar de possuírem comportamentos diferentes, ambos muito inteligentes, dominavam com muita facilidade as matérias português. e matemática. Edna Moura era tranquila e um pouco tímida, enquanto que seu irmão “Bogó” era extrovertido e muito brincalhão. Mesmo assim, os filhos do casal Sebastião Moura e D. Maria Moura estavam entre os melhores alunos da escola.

Para quem não sabe, Sebastião Moura, de saudosa memória, foi um excelente marceneiro, e o irmão dele, “Mário Bobagem”, foi um dos melhores goleiros do futebol pão-de-açucarense, tendo jogado no Centro Sportivo Internacional e no Jaciobá Atlético Clube – e, nestes dois times, ele foi titular absoluto durante muitos anos. E D. Maria Moura, graças a Deus, continua viva.

Naquele tempo, eu e Edna Moura competíamos (no bom sentido da palavra), para as melhores notas da sala de aula (5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries), porém, erámos amigos e muito nos respeitávamos. Dentre os nossos professores estavam: Dr. Átila Pinto Machado, D. Carmelita Melo Machado, João Gomes da Silva (“João de Luzia”), D. Marilena Rodrigues de Lucena,  Antônio Souza (“Tonho do Produban”), D. Romilda Souza dos Anjos, D. Candinha de Freitas Machado, Antônio Moreira, José Leandro do Nascimento (Gajeiro) D. Lourdinha Machado, e D. Sônia Araújo Pereira (“Sônia de Galego”).

Também trabalhamos juntos na Prefeitura de Pão de Açúcar durante a gestão do então prefeito Eraldo Lacet Cruz, no setor de Contabilidade (entre os anos de 1977 e 1980). Em seguida, por ter sido aprovada em concurso público federal (Fundação Nacional de Saúde ainda  – antiga Fundação SESP - Edna Moura foi trabalhar na Unidade Mista Dr. Djalma Gonçalves dos Anjos, onde chegou, ainda, a integrar o Conselho Municipal de Saúde. Devido à sua capacidade, ela chegou a ocupar outras funções, na área de saúde, as quais não lembro, no momento.

Em Pão de Açúcar, Edna casou com Francisco Rosa Gomes ("Chico de Mané Pedro)" e teve filhos. Anos depois, mudou-se para Aracaju, para ficar mais perto de sua mãe e de outros membros de sua família. E surpreendentemente, através de uma publicação feita por um de seus sobrinhos, recebemos a triste notícia de sua viagem para a Morada Eterna, deixando entristecidos os amigos e familiares e enlutados os nosso corações.

Segundo, ainda, informações deste seu ente familiar, o sepultamento ocorreu no Cemitério São Francisco de Assis, na cidade de Pão de Açúcar, terra natal da falecida, na tarde dessa quinta-feira(15).

Nas redes sociais, amigos, ex-colegas de trabalho e familiares publicaram comentários e lamentaram a morte de Edna Moura. (Confira abaixo).

Certamente, Edna Moura já foi recebida pelo Pai Celestial, na Mansão de Luz. Ela deixa muita saudade, tristeza e dor com sua partida sem volta. Só nos resta rogar ao Divino Espírito Santo para que a família seja consolada.

Ela, apesar de ainda nova, cumpriu sua missão aqui na Terra e foi chamada por Deus, deixando eterna saudade. Descanse em paz, Edna Moura!

Aproveito para expressar sinceras condolências à família enlutada.

 

Publicação feita por um sobrinho da falecida, no Instagram.

Foto: Reprodução/ Instagram/Cícero Eliakim

Fotos: Reprodução/Instagram/Notícia Quente

(Matéria atualizada às 06h30min do dia 16 de junho de 2022)

 

 

 

 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem