BLOGS

Agnaldo Timóteo – enquanto existir um filho ausente sentindo saudade da terra natal – este artista, de vozeirão melodiosa, será lembrado!

Agnaldo Timóteo foi chamado por Deus para morar definitivamente na Mansão de Luz. O Criador, certamente, o integrará a um coral angelical, para que ele, assim como fez durante sua jornada na Terra, continue exaltando o Divinal Poder.


icon fonte image

  Fonte: Por Helio Fialho

O cantor Agnaldo Timóteo

O cantor Agnaldo Timóteo   Foto: Reprodução/Google

Postado : 04/04/2021

ARTIGO - Homenagem póstuma ao cantor Aganaldo Timóteo

 

Quando eu era menino sempre ouvia as belas canções de Agnaldo Timóteo. Sua voz diferenciada encantava as pessoas que a ouviam. Na qualidade de fã, cresci, adolesci e tornei-me adulto ouvindo seus grandes sucessos que tocavam nas emissoras de rádio; no cinema, antes do início da exibição de filmes; nos programas de calouros;  nos parques de diversão; nos circos; nos serviços de autofalante; nas festas escolares e, também, após as celebrações de missas em homenagem ao Dia das Mães; nos bares da minha cidade; nos programas de televisão; nas vitrolas.

Elegante, botafoguense, polêmico, vozeirão melodiosa e contida de sensualidade – sui generis – este bom mineiro, de Caratinga, que já foi torneiro mecânico e motorista da cantora e amiga Ângela Maria, durante mais de seis décadas encantou seus fãs, nos palcos e nos estúdios, com a voz de barítono, usada a plenos pulmões, com vibrato forte e emissão volumosa.

A voz do cantor Agnaldo Timóteo é inconfundível. Suas músicas exaltavam a Deus e à natureza; enaltecem o amor materno; expressam o apego e a saudade que os filhos sentem da terra natal; expresssam o amor e a paixão e, até mesmo, a busca às diversões noturnas, que faz uma pessoa solitária e atormentada pela cruel insônia.

Ele, aos 84 anos, é mais uma vítima da implacável e traiçoeira COVID-19, doença que destruiu seus pulmões e sua vida, após passar mais de suas semanas intubado, lutando para viver.  Contudo, o vírus não conseguiu destruir sua maravilhosa voz  que, preservada pela tecnologia, permanecerá para sempre entre nós, encantando e recebendo os aplausos e carinho do grande público.

Agnaldo Timóteo foi chamado por Deus para morar definitivamente na Mansão de Luz. O Criador, certamente, o integrará a um coral angelical, para que ele, assim como fez durante sua jornada na Terra, continue exaltando o Divinal Poder.

E sempre que for celebrado o Dia das Mães; quando for exaltado o poder de Deus na criação da natureza; todas as vezes que a saudade da terra natal bater forte no coração dos filhos ausentes; enquanto existir uma roda de bate-papo, em casa ou no botequim, promovida, principalmente, pelas gerações dos anos de 1960 e 1970, as canções de Agnaldo Timóteo serão sempre as preferidas – porque elas atuam como bálsamo que aliviam as dores da alma, provocadas pela saudade de um tempo que ficou para trás e que permanece muito vivo em nossas lembranças.

Descanse em paz, Agnaldo Timóteo. Perpétua saudade.

 

 

 

Fotos: Reprodução/Google

 

Abaixo está uma fotografia e uma mensagem publicada, em sua página (Facebook), pelo multiinstrumentista pão-de-açucarense, residente há anos em São Paulo, BILLY MAGNO (WILLIAM BARBOSA FIALHO), que trabalhou em um projeto musical do cantor Aganaldo Timóteo. BILLY MAGNO também participou de um brilhante projeto musical da saudosa cantora Àngela Maria.

"E a Covid nos levou Agnaldo Timóteo, sem favor algum uma das maiores vozes que esse país já produziu. Num passado não muito distante eu orquestrei duas faixas e gravei mais algumas de um de seus últimos trabalhos. Como no ano passado meu HD foi invadido e muitas fotografias se perderam, essa é a única que sobrou da sessão de gravação daquele dia. Valeu menino! Vai na paz e na luz e obrigado".

 

Foto: Reprodução/Facebook/Billy Magno

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Reprodução/Google

 

 

 

 

 

 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem