LITERATURA

'Gentileza': a poesia de Giovanni Fialho em homenagem ao 'Profeta Gentileza', nesta Semana da Gentileza

O nome de “Profeta Gentileza” foi ganho porque vivia pregando o amor, a paz e jamais dizia a palavra 'obrigado', pois dizia que obrigado vinha de obrigação e preferia dizer 'agradecido' e falava sempre 'por gentileza'.


Profeta Gentileza...

Profeta Gentileza...   Foto: Reprodução/Instituto C&A

Postado : 17/11/2018   /   por Helio Fialho

"GENTILEZA"

(Autor: Giovanni Fialho)

 

Quando ocorre no mundo uma desgraça

E se tem um chamado muito forte

Deixa tudo, mudando sua sorte

Fugindo pra viver em outra praça

O fogo transformando arte em fumaça

Todo o circo queimando com certeza

O incêndio consumindo a natureza

Sorriso transformado em agonia

Morrendo muita gente certo dia

Quando surgiu o profeta Gentileza.

 

O Rio foi escolhido pra morada

Sem dinheiro, na rua, foi mendigo

A vida pareceu ser um castigo

Pra recomeçar sua caminhada

Com valores da vida transformada

Sem querer nenhum luxo, nem riqueza

Escolheu ser feliz com a pobreza

Abrindo mão do que antes possuía

Pra ele a riqueza não mais existia

Na vida do profeta Gentileza.

 

Transformou pontes em alojamentos

Fez também das paredes seus painéis

Fez livros mais duráveis que papéis

Escrevendo seus muitos mandamentos

Que mostram os seus bons ensinamentos

Que na bondade há mesmo uma grandeza

Nem sempre nesse mundo o ser é presa

Podendo ser um bom transformador

Deixando de causar ao outro a dor

Falava o bom e velho Gentileza.

 

Quem por ali passava achava lindo

A mensagem em letras garrafais

Nas paredes montava seus murais

Mostrando que o final estava vindo

Sem choro poderia ir sorrindo

Que na maldade não existe nobreza

Causar a dor é fonte de tristeza

Sua missão na terra ele cumpriu

Ensinou como todo mundo viu

Que gentileza gera gentileza.

---------

 

Profeta Gentileza - Gentileza Gera Gentileza - a história do profeta

O Profeta Gentileza ou José Agradecido" foi figura marcante no Rio de Janeiro e em algumas cidades do Brasil por onde passou.


Autor: Carlos
Página relacionada a: Diário Social | Revista Digital

 

Leia que vale a pena
Um pequeno resumo da vida de Gentileza.
O nome de “Profeta Gentileza” foi ganho porque vivia pregando o amor, a paz e jamais dizia a palavra “obrigado”, pois dizia que obrigado vinha de obrigação e preferia dizer “agradecido” e falava sempre “por gentileza”.
Ele era um empresário de transportes quando no início da década de 60 um circo pegou fogo em Niterói vitimando centenas de pessoas dois dias antes do Natal. Gentileza naquele dia disse ter ouvido “vozes”mandando largar o capitalismo e todo apego material.
O futuro profeta então pega um dos seus caminhões e parte rumo a Niterói e durante anos fez das cinzas e das marcas do incêndio no chão, uma plantação de flores.

Durante anos Gentileza passa a pregar nas barcas Rio-Niterói e deixa uma marca para sempre na cidade. Gentileza pinta mensagens de paz, amor e gentileza nas pilastras do Viaduto do Caju – o lugar mais cinza, feio e sem vida da cidade. Avenida do cemitério até a Rodoviária fica com seus dizeres marcantes pintados em preto, verde, amarelo num fundo branco. As mensagens são pintadas no alto para serem lidas pelas pessoas mais humildes que chagam de ônibus da baixada e de Niterói.
Muitos estranham a forma singular de sua escrita e não entendem até hoje, mas ele escrevia muitas palavras de forma diferente. Amor com um R era amor material Amorrr com três R era um R do Pai, um R do filho e um R do Espírito Santo.

Gentileza vai pintando as dezenas de pilastras da avenida e acaba por promover uma das maiores intervenções urbanas de arte na cidade do Rio de Janeiro.
Um certo dia as “autoridades” mandam cobrir todo o trabalho de Gentileza com tinta cinza.
Só aí então as pessoas acordam surpresas com a reação da sociedade, pois cada um pensava que só ele gostava de ler as mensagens de Gentileza.
Pessoas então de destaque se levantam contra a violência das autoridades de apagar o trabalho e a “Arte de Gentileza”.
- O profeta Gentileza hoje é nome da Praça da Rodoviária, bem ao lado de sua arte restaurada.
- Sua vida vira filme,livro e tese em faculdades.
- Uma ONG é criada no Rio – Rio de Gentileza.
- A Escola de Samba Grande Rio faz de Gentileza seus Enredo através das mãos de Joãozinho Trinta.
- Mas talvez a homenagem mais famosa seja a música Gentileza de Marisa Monte.
Fonte:http://www.flickr.com/photos/claudiolara/721588238/

Passe essa idéia…

(Com Instituto C&A)

 

Outras informações importntes sobre o Profeta Gentileza
 
José Datrino, mais conhecido como Profeta Gentileza, foi uma personalidade urbana carioca, espécie de pregador, que se tornou conhecido por fazer inscrições peculiares nas pilastras do Viaduto do Gasômetro. Andava pela Zona Central da cidade do Rio de Janeiro com uma túnica branca e longa barba. Wikipédia
 
Nascimento: 11 de abril de 1917, Cafelândia
Falecimento: 28 de maio de 1996, Mirandópolis, São Paulo.
Nacionalidade: Brasileiro
Nome Completo: José Datrino
Morte: 28 de maio de 1996 (79 anos)

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem

  • Durval Mendonça Júnior 18 de Novembro de 2018 Parabéns Geovanni pela poesia e pela homenagem prestada!
    Giovanni 18 de Novembro de 2018 Muito obrigado, Dr. Durval!