MÚSICA

Cantor e compositor Renato Barros, morre aos 76 anos

A morte foi comunicada pela família na página oficial do cantor no Facebook.


icon fonte image

  Fonte: Com Destaque Popular

Cantor e compositor Renato Barros, morre aos 76 anos

Cantor e compositor Renato Barros, morre aos 76 anos   Foto: Reprodução/Instagram

Postado : 28/07/2020

O músico Renato Barros, da banda Renato e Seus Blue Caps, morreu nesta terça-feira no Hospital das Clínicas de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde estava internado há 11 dias, após passar por uma cirurgia cardíaca, quando teve complicações pulmonares.

Durante a cirurgia, o cantor já havia apresentado problemas e chegou a ficar 30 minutos sem as funções vitais. A filha, Érika Barros, confirmou a morte do pai. Segundo a filha, durante o procedimento, o médico constatou a presença de líquido no coração do músico, que precisava ser drenado.

A morte foi comunicada pela família na página oficial do cantor no Facebook.

“Nosso amado e muito querido cantor, compositor e guitarrista não suportou tanto sofrimento e descansou! Foi tocar sua guitarra no plano superior, onde está agora ao lado de seus pais e de sua amada esposa Lúcia Helena”, diz o comunicado, dizendo que o músico agora é “uma estrela no céu”.

A filha do cantor, Erika Barros, lamentou a notícia nas redes sociais. “O problema é saber o que fazer com a saudade… Agora definitivamente meu pai é uma estrela e eu tenho certeza que estará olhando sempre por mim, minha irmã e suas netas. Vai ser difícil acostumar ficar sem você, pai. Mas Deus sabe de todas as coisas. Te amo muito, você foi o melhor pai do mundo”, disse Erika.

Renato Barros era o líder da banda Renato e Seus Blue Caps. O grupo ficou conhecido no período da Jovem Guarda, com músicas como “Não Te Esquecerei”, que é uma versão da canção “California Dreaming”, assim como “Tudo O Que Sonhei”, que é uma interpretação da música “If I Fell”, dos Beatles.

A banda Renato e Seus Blue Caps foi fundada em 1960 e passou por diversas formações, com Barros sempre na liderança. Erasmo Carlos chegou a participar do grupo em 1963. Alguns dos maiores sucessos do conjunto são “Será Mentira ou Será Verdade” e “Não Te Esquecerei”, O Meu primeiro Amor, Menina Linda, Não me Diga Adeus, Meu Bem não Me Quer e outras.

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem