CINEMA

Brian Dennehy, de Rambo, morre aos 81 anos

Por meio do Twitter, a filha do ator, Elizabeth, esclareceu que a morte de seu pai não foi uma consequência do Coronavírus.


icon fonte image

  Fonte: Com AdoroCinema - Por Amanda Brandão

Brian Dennehy, de Rambo, morre aos 81 anos

Brian Dennehy, de Rambo, morre aos 81 anos   Foto: Reprodução/AdoroCinema/© Getty images

Postado : 17/04/2020

Brian Dennehhy, conhecido por seu papel em Rambo: Programado Para Matar, faleceu na última quarta-feira, dia 15, aos 81 anos. O ator, vencedor do Tony e do Globo de Ouro, morreu por causas naturais em sua casa em New Haven, segundo o site Deadline.

Dennehy ganhou fama mundial após viver o Xerife Will Teasle em Rambo, um vilão que incomodava John Rambo (Sylvester Stallone) no filme de 1982. Depois disso, o ator estrelou filmes como Cocoon. Silverado, Perigosamente Juntos e no mais recente Cavaleiro de Copas.

Levou o Globo de Ouro e o Tony Awards por seu trabalho em Death of Salesman. Além disso, foi indicado seis vezes ao Emmy, a maior premiação da TV norte-americana. Com dublagem, foi uma vozes da animação  Ratatouile, da Pixar, em 2007.

Nas telinhas, apareceu em The Blacklist,como Dominic Wilson em participações especiais, e seu último trabalho no cinema foi a comédia Te Peguei.

Por meio do Twitter, a filha do ator, Elizabeth, esclareceu que a morte de seu pai não foi uma consequência do Coronavírus. “Maior que a vida, generoso até o fim, um orgulhoso e devotado pai e avó, ele deixará saudades para sua mulher, Jennifer, sua família e muitos amigos”, escreveu ela na publicação.

 

 

 

Levou o Globo de Ouro e o Tony Awards por seu trabalho em Death of Salesman. Além disso, foi indicado seis vezes ao Emmy, a maior premiação da TV norte-americana. Com dublagem, foi uma vozes da animação Ratatouile, da Pixar, em 2007.

Nas telinhas, apareceu em The Blacklist,como Dominic Wilson em participações especiais, e seu último trabalho no cinema foi a comédia Te Peguei.

Por meio do Twitter, a filha do ator, Elizabeth, esclareceu que a morte de seu pai não foi uma consequência do Coronavírus. “Maior que a vida, generoso até o fim, um orgulhoso e devotado pai e avó, ele deixará saudades para sua mulher, Jennifer, sua família e muitos amigos”, escreveu ela na publicação.

_________________________

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem