NOTÍCIAS

Zona da Mata, Litoral e Baixo São Francisco devem ter o maior acumulado de chuvas do final de semana

Com a persistência das chuvas, ainda há possibilidade de alagamentos, bem como risco de deslizamento em áreas de encosta


icon fonte image

  Fonte: Gazetaweb - Por Tatianne Brandão

Zona da Mata, Litoral e Baixo São Francisco devem ter o maior acumulado de chuvas no final de semana

Zona da Mata, Litoral e Baixo São Francisco devem ter o maior acumulado de chuvas no final de semana   Foto: Reprodução/Gazetaweb/Agência Alagoas

Postado em: 18/06/2022 às 11:23:22

O alerta meteorológico divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) mostra que as chuvas devem continuar em todo o estado durante o final de semana. O maior acumulado deve ser registrado na Zona da Mata, Litoral e Baixo São Francisco. A Região Metropolitana também está na região que receberá uma considerável quantidade de chuva.

As condições atmosféricas sobre o leste da Região Nordeste do Brasil permanecem favoráveis à ocorrência de chuvas até este sábado (18).

Com a persistência das chuvas, ainda há possibilidade de alagamentos, principalmente nas áreas com deficiência de drenagem urbana, bem como risco de deslizamentos em áreas de encosta.

A Semarh afirma que os rios e riachos que ainda se encontram em níveis elevados devido à maior intensidade das chuvas nos últimos dias devem receber uma atenção especial.

Monitoramento hidrometeorológico

Na noite desta sexta-feira (17), a Semarh emitiu um boletim do monitoramento hidrometeorológico e apontou que o nível dos rio Jacuípe, estava 20cm acima do nível de transbordamento, impactando o município de Jacuípe. Os rios Santo Antônio, Camaragibe e Manguaba também permaneciam elevados, porém, com tendência de diminuição do seu nível e saída da cota de transbordamento.

Os níveis das lagoas Mundaú e Manguaba estavam elevados na noite de ontem. A lagoa Manguaba permanecia acima da cota de transbordamento, no município de Marechal Deodoro e apresenta tendência de estabilização. Com isso, permanece a necessidade de monitoramento contínuo dos municípios de Marechal Deodoro, Pilar, Maceió e Coqueiro Seco.

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem