LITERATURA

Poeta pão-de-açucarense, Túlio dos Anjos, lança seu livro 'Na Sala de Memórias'

Em meio à pandemia, o poeta Túlio dos Anjos, muito conhecido pelas suas declarações de amor ao Velho Chico, através de seus belos poemas, a exemplo do consagrado 'Lágrimas do Velho Chico', nos presenteia com mais uma obra literária.


icon fonte image

  Fonte: Da Redação

Capa do livro Na Sala de Memórias...

Capa do livro Na Sala de Memórias...   Foto: Reprodução

Postado : 14/06/2020

Em meio à pandemia, o poeta pão-de-açucarense Túlio dos Anjos, muito conhecido pelas suas declarações de amor ao Velho Chico, através de seus belos poemas, a exemplo do consagrado “Lágrimas do Velho Chico”, nos presenteia com mais uma obra literária: Na Sala de Memórias, lançada pela Editora Autografia Edição e Comunicação Ltda., do Rio de Janeiro.

A obra com 121 páginas e 56 poemas traz as memórias do autor, que convidam os leitores a uma viagem, nos diversos contextos, promovendo ou provocando um encontro nas mensagens poéticas expressas, na medida em que busca uma interação e cumplicidade, como forma de minimizar o impacto das diversas abordagens, em alguns casos, e em outros socializar, celebrar e refletir. A família, o rio São Francisco, a cidade natal, as musas, a saudade, a solidão, a ilusão, os amores, a vida, e a dependência química são abordagens que encontrarão elos ligando as inspirações do poeta com os sentimentos das pessoas do ciclo de convivência, ou, vivência acumuladas no quotidiano. Acredito que ao final desta viagem, iremos selar o primeiro prazeroso encontro, deixando um fértil espaço para novos encontros que virão

O livro foi prefaciado pelo escritor e presidente da Academia de Letras de Pão de Açúcar (ALEPA), Giuseppe Gomes, que em um dos parágrafos afirma: “Ler esta obra, não é apenas questão de tempo. Difícil será o tempo para tentar esquecer as verdades contidas em versos escritos com tamanha sensibilidade, denudando a crueldade do sofrer em contraponto à alegria de realizações e sucessos. Para ele, o tempo parece não passar, cada  novo dia é um renascimento, um fervilhar de ideias, uma nova oportunidade que o criador lhe dá e oferece-nos para desfrutar da sua companhia, ouvir suas histórias sempre bem-humoradas, recheadas de verdades, sofrimentos e angústias”.

A obra traz, também, alguns comentários sobre o autor, feitos por personalidades do mundo das artes.

Valci Melo, professor da Universidade Federal de Alagoas, poeta e escritor: “Tulio dos Anjos é um genuíno intelectual orgânico no sentido gramsciano do conceito. Sua vida e sua vasta obra poética dialogam diretamente com aqueles que o grande educador Paulo Freire, em sua Pedagogia da Autonomia, chamava de “os esfarrapados do mundo”, com os quais o poeta se identifica e junto aos quais luta incansavelmente. Sujeito portdor de uma inteligência ímpar, versátil em diversos ramos do saber e do fazer, o poeta Túlio dos Anjos transita com maestria entre a produção literária e o teatro, entre o artesanato e  agricultura, entre a educação popular e a militância política. Está sempre atento a todo e qualquer movimento do mundo contemporâneo, possui qualidades elementares à humanidade. É por muitos e outros motivos que Sala de Memória com Túlio dos Anjos, seu novo livro de poesia, deve ser lido”.

Gigio Fialho, poeta cordelista e membro da Academia de Letras de Pão de Açúcar: “meu poeta e amigo, Deus presenteou você com uma beleza e bondade que se nutrem por si só na essência Dele, pois, a grandeza de ser humano que você possui só se explica dessa forma”.

Cristiano Pereira (Barriga), educador e ator: “Túlio, que sua entrega e contribuições sociais sejam exemplos para as futuras gerações, amantes da arte e da poesia”.

Com a chegada inesperada da pandemia, o poeta Túlio dos Anos, que há anos enfrenta problemas de saúde, saiu da cidade para enclausurar-se, de forma preventiva, no Povoado Jacarezinho, um  lugarejo banhando pelo Velho Chico, seu torrão natal, onde, desde  seus tempos de criança, é fonte inspiradora para escrever seus mais belos poemas. E, neste período de 90 dias, ele já escreveu quatro livros, incluindo um trabalho de pesquisa – Antologia Poética de Adolescentes e Educadores de Jacarezinhocuja obra já fora enviada  a uma editora e será lançada em breve.

É importante destacar que o livro Sala de Memória está registrado no ISBN sob o número 978-85-518-2596-9. E para adquirir esta maravilhosa obra, que veio enriquecer ainda mais a literatura de Alagoas e da Terra de Jaciobá, o leitor paga apenas R$ 25,00Contato para pedidos: (82) 99687-0908 (WhatsApp). Excelente leitura!  

Foto: Reprodução

 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem