RELIGIÃO

Pastor Francisco Cosme é homenageado pela Câmara de Vereadores com o título de ‘Cidadão Inhapiense’

Propositura é de autoria da vereadora Naelia Carvalho. Há 18 anos o pastor presta relevantes serviços à sociedade local.


  Foto: Reprodução/Cortesia

Postado : 07/03/2019   /   por Redação

O pastor Francisco Cosme de Araújo, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Ministério Missão), na última sexta-feira (1º), em sessão solene realizada na sede do Legislativo municipal,  recebeu, aos 81 anos de idade,  o título de Cidadão de Inhapi, outorgado pela Câmara de Vereadores, sendo a propositura de autoria da vereadora Naelia Carvalho, conhecida popularmente como “Vereadora Niquinha”.

O pastor Francisco Cosme de Araújo, assumiu a IEAD local em  2002 e, desde o dia em que ele chegou ao município, tem prestado relevantes serviços à sociedade, onde já assumiu o cargo de conselheiro do Conselheiro Tutelar dos Direitos da criança e do Adolescente.

Na qualidade de ministro do evangelho, ele, com a ajuda da igreja local, já construiu vários templos em comunidades rurais e bairros da cidade, com o objetivo de evangelizar às pessoas.  

Em seu trabalho de evangelista tem ajudado muitas famílias com aconselhamentos para casais, jovens e adultos, além de ajudar pessoas a abandonarem a dependência química, isto é, a deixarem as drogas e o álcool.

Dentre os que prestigiaram a entrega do título honorífico ao mais novo filho ilustre inhapiense destacamos  a esposa Maria do Carmo; as filhas Tânia Maria, Ivone Cristina, Azenate e Betânia;  os netos Lazulita Fialho, Saymon Araújo, Salles Araújo, o genro e evangelista José Vaneir, além de vários membros da Igreja Assembleia de Deus dirigida pelo homenageado, entre esses, os presbíteros Jairo PIres, José Pereira e Oliveiro e, ainda, o diácono Geraldo Reis.  Logo após a solenidade foi servido um coffee break aos convidados, na sede do Legislativo.

 

Origem e Trabalho

 

Filho do casal Amara Maria de Araújo e Idalino Cosme de Araújo, o pastor Francisco Cosme de Araújo nasceu no dia 15 de maio de 1937, na cidade pernambucana de Água Preta. Aos 24 anos de idade casou com a jovem Maria Concebida de Araújo, conhecida como “Aparecida” e, aos 25 anos, na cidade de Arapiraca, tornou-se evangélico, vindo a receber, aos 27 anos deidade, o batismo no  Espírito Santo.  Nessa época ele trabalhava como fotógrafo.

Os oito filhos do pastor Francisco Cosme são:  Ivone, Valter, Tania, Dário, Azenate, Betania, Daniel e Paulo.

No ano de 1977, já morando em Propriá (Sergipe), ele foi separado para o presbitério. Nesta cidade sergipana ele tornou-se um próspero comerciante, porém, para trabalhar na Seara do Mestre, deixou Propriá e veio morar em Arapiraca, onde, com o apoio do Pr. Sidrônio Castanha de Oliveira,  dirigiu algumas congregações assembleianas.

Em 1990, ele foi separado a pastor pelo presidente da Assembleia de Deus em Alagoas, Pr. José Antônio dos Santos (“Pastor Zé Neco”), tendo como primeiro campo o de Senador Rui Palmeira, no sertão alagoano, no qual passou dois anos. Em seguida foi pastorear a IEAD no município de Tanque D´Arc, onde atuou durante quatro anos. Depois foi transferido para o município de Girau do Ponciano, onde trabalhou por um período de sete anos. Nesta cidade ele, ao lado da esposa “Irmã Aparecida”, realizou um próspero trabalho evangelístico, contribuindo significativamente para o engrandecimento da sociedade ponciense.

Foi na cidade de Girau do Ponciano que, o dia 10 de março de 2001, de forma surpreendente, veio a falecer sua esposa, a Irmã Aparecida, em consequência de infarto.

Em outubro deste mesmo ano o Pr. Francisco Cosme casou com a jovem Maria do Carmo (“Carminha”), com quem desembarcou há 18 anos para o trabalho de evangelização no município sertanejo de Inhapi.

Permanentemente dedicado à sublime missão de pescador de almas, o pastor Francisco Cosme de Araújo é considerado um evangelista que não mede esforços levar o Evangelho do Senhor e Salvador Jesus Cristo às almas mergulhadas na escuridão do pecado.

Foi em Inhapi que, trabalhando na construção de um templo, chegou a perder um olho, em consequência de uma agressão bacteriana na visão. Mesmo assim, continuou a trabalhar com muita dedicação e responsabilidade.   

Sempre contando com as bênçãos do Senhor e com o apoio dos membros da Igreja Assembleia de Deus local, seu trabalho evangelístico tem muito prosperado. Há 18 anos trabalhando no campo de Inhapi,  a Igreja Assembleia de Deus já conta com oito templos e mais de 800 crentes.   

 

A vereadora Niquinha, o  Pr. Francisco Cosme e as filhas Tânia e Betânia...

Foto: Reprodução/Cortesia

 

 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem