POLÍCIA

Operação cumpre mandados contra acusados de tráfico, estupro e homicídios

Força-tarefa conta com 80 policiais distribuídos na capital e no interior do estado


icon fonte image

  Fonte: gazetaweb - Por Por Jobison Barros, com TV Gazeta

Acusado é conduzido à sede do Code, durante operação

Acusado é conduzido à sede do Code, durante operação   Foto: Reprodução/TV Gazeta

Postado : 14/05/2019

Uma operação integrada entre as Polícias Civil (PC) e Militar (PM) cumpre, desde as primeiras horas da madrugada desta terça-feira (14), 16 mandados de prisão, busca e apreensão contra foragidos da Justiça, acusados de roubo, tráfico de drogas, homicídios e estupro. As equipes se dividiram em bairros da capital e municípios do interior do estado. 

Segundo informações da delegada Ana Luíza Nogueira, gerente da Polícia Judiciária da Região 1 (GPJ1), 80 policiais trabalham de forma conjunta para capturar pessoas ligadas a diversos crimes e que estão com mandados em aberto. As determinações são de várias comarcas judiciais. 

"As ações policiais se dão não somente na capital, mas em municípios como Barra de Santo Antônio, Pilar, Paripueira e Santa Luzia do Norte, contemplando 11 delegados", disse a delegada. 

Ana Luíza Nogueira, que coordena os trabalhos, reforçou que boa parte dos homicídios tem ligação com o tráfico de drogas. "Alguns suspeitos têm ligação com um ou mais crimes. Até o final do dia, conseguiremos capturar todos os acusados, contribuindo para a tranquilidade da população". 

Os detidos foram identificados como Lucas Silva do Nascimento, 18; José Fernando da Silva Sobral, 30; José Carlos Cavalcante Silva, 39; Pedro Elias da Silva, 30; Erivaldo Nunes do Nascimento, 19; Wagner Ameida dos Santos, 22; Karine Rosendo dos Santos, 28; além dos adolescentes HLTB, 13, e LS, 17 anos.

Os presos e o material apreendido estão sendo encaminhados para a sede do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), em Mangabeiras, a fim de que sejam submetidos aos procedimentos policiais cabíveis. 

 

 
 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem