SAÚDE

Em três meses, duas pessoas morreram de meningite em Alagoas

No Dia Mundial de Combate à Meningite, a Sesau orienta a população sobre a doença


icon fonte image

  Fonte: Gazetaweb com ASCOM Sesau - Por Regina Carvalho

Doença atinge mais de 2 mil pessoas por ano no Brasil

Doença atinge mais de 2 mil pessoas por ano no Brasil   Foto: ASCOM/SESAU

Postado : 24/04/2019

Nos primeiros três meses deste ano, Alagoas registrou cinco casos de meningite, com dois óbitos. Em 2018, foram doze registros da doença e cinco mortes. As informações são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde (MS). 

O Dia Mundial de Combate à Meningite é lembrado nesta quarta-feira (24) e, por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) orienta a população e os profissionais de saúde sobre a doença, que atinge aproximadamente 2.500 pessoas por ano no Brasil, conforme dados do Ministério da Saúde (MS). 

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, podendo ser causada por bactérias, vírus, fungos ou traumas. "Nos casos de meningococcemia, o coma pode ocorrer em algumas horas. Associa-se a elevadas taxas de letalidade, geralmente acima de 40%, sendo a grande maioria dos óbitos nas primeiras 48 horas do início dos sintomas", informa a técnica do Programa de Doenças Imunopreveníveis da Sesau, Claudeane Nascimento.

A transmissão, segundo Ministério da Saúde, é de pessoa a pessoa, por via respiratória, através de gotículas e secreções do nariz e garganta, ao tossir, falar ou espirrar, havendo necessidade de contato íntimo e prolongado. 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem