COVID-19

Com mais 11 mortes, Alagoas ultrapassa o número de 3 mil óbitos por Covid-19

Estado registrou 132.245 casos desde o início da pandemia, sendo 54% dos homens infectados e 46% de mulheres


icon fonte image

  Fonte: Com Gazetaweb - Por Tatianne Brandão

Alagoas ultrapassa as 3 mil mortes e tem 132.245 casos da Covid-19

Alagoas ultrapassa as 3 mil mortes e tem 132.245 casos da Covid-19   Foto: Reprodução/Gazetaweb/Divulgação

Postado : 01/03/2021

Nesta segunda-feira (1º), Alagoas atingiu a triste marca de 3.010 mil mortes pela Covid-19, sendo 11 óbitos em 24 horas. De acordo com o Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (CIEVS/AL), o estado registrou 132.245 casos desde o início da pandemia,

Desde o último boletim epidemiológico, nesse domingo (28), até a tarde desta segunda, foram registradas as mortes de 11 pessoas vítimas da Covid-19. Mais 11.514 casos seguem em investigação laboratorial e 125.307 pacientes estão recuperados da doença no estado.

No relatório desta segunda, a Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau), contabilizou 499 novos casos e 10.806 casos em investigação laboratorial.

Com relação ao número de óbitos, 673 tinham mais de 80 anos; 791 entre 70 - 79; 728 entre 60 - 69 anos. Dos jovens abaixo de 19 anos, 26 perderam a luta para o coronavírus.

Dentre os casos confirmados, 6.834 (5,2%) são profissionais da saúde. As cidades de Maceió e Arapiraca concentram o maior número de casos, com 51.218 e 16.594 infectados, e 1.353 e 228 óbitos, respectivamente.

Óbitos em 24 horas

No boletim desta segunda-feira, mais 11 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo quatro vítimas da capital alagoana e sete do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram três mulheres de 48, 60 e 72 anos e um homem de 54 anos.

A mulher de 48 anos era hipertensa e morreu em sua residência; a mulher de 60 anos era hipertensa, diabética e morreu no Hospital Veredas, em Maceió; a mulher de 72 anos era tabagista, hipertensa e ex-etilista e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e o homem de 54 anos tinha diabetes, insuficiência renal, hipertensão arterial e também morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Em relação às vítimas que residiam no interior do Estado, eram quatro homens de 66, 76, 77 e 82 anos e três mulheres, sendo duas de 76 anos e uma de 86 anos. O homem de 66 anos, era de Japaratinga, tinha hipertensão, diabetes e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 76 anos, morava em Viçosa, tinha Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), cardiopatia, era ex-tabagista e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 77 anos, residia em Arapiraca, era hipertenso e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 82 anos, morava em Maribondo, tinha diabetes, já havia sofrido um Acidente Vascular Encefálico (AVE) e morreu no Hospital Carvalho Beltrão, em Coruripe; a primeira mulher de 76 anos, morava em União dos Palmares, era diabética e morreu no Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; a segunda mulher de 76 anos, morava em Junqueiro, tinha diabetes, doença cardiovascular e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; e a mulher de 86 anos, morava em Delmiro Gouveia, tinha doença cardiovascular e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

Leitos de Covid-19 do Estado

Dos 856 leitos criados pela Sesau para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 511 estavam ocupados até às 16 horas do domingo (28/02), o que corresponde a 60% do total. Atualmente, 191 pacientes estão em leitos de UTI, 06 ocupando leitos intermediários e 314 em leitos de enfermaria.

 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem