COVID-19

Alagoas tem 196 novos casos da Covid-19 e mais quatro óbitos

Estado totaliza 91.603 casos e 2.266 óbitos


icon fonte image

  Fonte: Com Agência Brasil - Por Pâmela de Oliveira, com assessoria

1.659 casos estão em investigação laboratorial

1.659 casos estão em investigação laboratorial   Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Postado : 07/11/2020

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), deste sábado (07), confirma mais 196 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 91.603 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 706 estão em isolamento domiciliar. Outros 88.556 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 1.659 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais quatro mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 2.266 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 2.266 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 2.258 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.271 eram do sexo masculino e 987 do sexo feminino. Eram 1.006 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.252 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Óbitos 

No boletim deste sábado (07), mais quatro mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo uma vítima da capital alagoana e três do interior do Estado. A de Maceió era do sexo masculino, tinha 76 anos, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Veredas.

Já as três vítimas do interior do Estado eram dois homens e uma mulher. O homem de 43 anos, de Arapiraca, não tinha comorbidades e faleceu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA); o homem de 65 anos, de Porto Calvo, era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; e a mulher de 71 anos, de Girau do Ponciano, era hipertensa e diabética e morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

 

 
 
 

Comentários

Escreva seu comentário
Nome E-mail Mensagem